Mindset no negócio

Resolvi falar um pouco do livro ‘Mindset’ da autora Carol S. Dweck, que foi o pontapé inicial para a criação da Batiza Naming Brands.

Para começar, o que é essa palavra ‘mindset’ que tanta gente fala hoje em dia? Para dar uma clareada, você pode traduzir para ‘mentalidade’.
A grosso modo, é o conjunto de crenças e hábitos que comandam o seu pensamento. É o jeito que você pensa e age perante às situações da vida. Então, o seu mindset é a mentalidade que você adota.

Resumidamente o livro fala da diferença entre:
Mindset Fixo e Mindset de Crescimento.

As pessoas de Mindset Fixo não veem necessidade de melhorar suas capacidades. Se acham autossuficientes, acreditam que possuem conhecimento necessário e são superiores aos demais. Com medo que isso se prove o contrário, elas tem pavor de julgamentos negativos, evitam desafios e não sabem lidar com os fracassos. São pessoas que não buscam o desenvolvimento. Assim acabam estagnadas e deixam de evoluir.

Já aquelas com Mindset de Crescimento dão valor ao conhecimento e estão sempre buscando se aperfeiçoar. Usam as dificuldades do dia a dia e transformam em energia para se superar e ir além. Essas pessoas têm foco na aprendizagem e estão em constante evolução.

Ao ler o livro, é possível perceber que as pessoas não são um ou outro. Ele faz você refletir sobre, em quais momentos e circunstâncias da vida você possui cada tipo de mindset. Um excelente exercício de auto-conhecimento.

A partir disso, é possível você detectar fraquezas relacionadas ao Mindset Fixo e enxergar como transformá-las a partir do Mindset de Crescimento. Analisar detalhadamente os pontos negativos é importante para girar a chavinha rumo a mudança. 

Foto do livro ‘Stela Like and Artist’ de Austin Kleon.

Antes da Batiza nascer, existia uma pessoa questionadora, que não aceitava bem o “você tem que” e criativa ao ponto de querer criar algo novo. Depois de passar por agências de publicidade, departamento de marketing e agência de branding e design, a ideia era criar uma “nova profissão” que permitisse a liberdade. Algo que não existisse no mercado (pelo menos do jeito que se pensava), que fosse diferenciado e relevante.

Era possível perceber no mercado, a crescente demanda pela criação de nomes, já que estavam surgindo novas empresas. Dentro de agências de publicidade e design não existia um profissional capacitado, muito menos especializado, nisso. Existia uma lacuna para um negócio com certa capacidade intelectual e criativa para oferecer esse serviço. Embora com tudo isso a favor, infelizmente existiam muitos questionamentos.

Mas o livro causou uma reviravolta! Foi ‘Mindset’ que fez a Batiza sair do papel, deixando de lado medos de desafios e julgamentos, medo de não ser bom o suficiente nesse ramo. O livro mostrou que é viável começar com o que se tem e ir desenvolvendo o negócio ao longo do caminho através da constante busca por conhecimento e atualização. Não é preciso saber tudo, alias estamos aprendendo o tempo todo e todo passo é necessário e construtivo. Isso foi libertador! 

Hoje, com um ano e meio de empresa, a Batiza se orgulha do caminho (ainda pequeno) que trilhou e é consciente de que a jornada é uma evolução eterna e que será aprimorada a cada dia, para ser cada vez melhor.

E é por isso que eu recomendo a leitura, porque foi ele que alimentou e impulsionou mais um negócio nesse mundo.

Observação: É um livro que eu indico pra todo mundo, porque ele pode ser aplicado à todas as áreas da vida, desde a educação dos filhos até o âmbito profissional.

2 comentários sobre “Mindset no negócio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s